Arret sur l'image: cuando el tren de sombras se detiene Articles uri icon

authors

  • WEINRICHTER LOPEZ, ANTONIO ALBERTO

publication date

  • June 2011

start page

  • 14

end page

  • 29

issue

  • 1

volume

  • 8

international standard serial number (ISSN)

  • 1679-8503

abstract

  • Inicialmente, o artigo apresenta o gesto sinistro do cinema e da fotografia de embalsamar um pedaço de realidade e permitir o acesso ao trabalho da morte. A essa dimensão melancólica, se junta a citacional -o movimento de arrancar uma imagem de seu contexto vital- através da qual cinema e fotografia encontram formas de aproximação e distanciamento. Se o sentido último da fotografia reside em seu poder de interrupção, ela se torna um modelo para a história que, como o pensamento, deve ser detida para ser compreendida. Já o cinema é fluxo e, ao recorrer à imagem fotográfica, pode colocá-la em movimento, temporalizála, narrativizá-la. Quando o fluxo é interrompido, dois gestos essenciais são identificados: um narrativo, eminentemente modernista, e outro reflexivo, que permite que a imagem pense, e que se pense através dela.

keywords

  • cine y fotografía; fotografia; cinema; alegoria; história